Anodização

A anodização é um processo químico, feito em banhos à base de substâncias alcalinas e de ácidos, com uma corrente elétrica que forma uma proteção transparente, isolante elétrica e resistente de óxido de alumínio. Por ser formada a partir dessa reação eletroquímica do alumínio, a camada fica integrada ao perfil.

Após a anodização em meio sulfúrico, é possível fazer a coloração da película em um banho contendo sais metálicos de sulfato de estanho, o qual é depositado por corrente alternada e controlada para o fundo dos poros da anodização. Posteriormente ao processo e coloração, o perfil recebe um tratamento de selagem que consiste no fechamento dos poros, conferindo à anodização uma resistência máxima à corrosão.

O processo não utiliza produtos que proporcionam riscos ao meio ambiente, além de ser reciclável.
- Anodização de barras com até 7 m de comprimento, para perfis maiores consultar condições.

  • CAPACIDADE: 20 mil toneladas
  • Tecnologia Italiana
  • Processo automatizado
  • Garantia contra desplacamento
  • Alta resistência contra intempérie

Novos acabamentos




Cuidados e manutenção

Esquadrias de alumínio Anodizadas
1) Devido a propriedade anfótera do óxido de alumínio formado durante a anodização, deve-se evitar o seu contato com produtos alcalinos, tais como: argamassa, cimento, massa de reboco e resíduos aquosos destes materiais, além de produtos ácidos, como por exemplo, ácido clorídrico (muriático).

2) Para conservação e limpeza das peças anodizadas recomenda-se a utilização de um detergente neutro, aplicado com esponja macia, desaconselhando a utilização de ferramentas e outros meios mecânicos (facas, palhas de aço e outros), que venham a danificar permanentemente a camada anódica.

3) A periodicidade de limpeza da esquadria de alumínio anodizada, deve ser feita a cada 18 meses quando utilizada em ambiente urbano ou rural (baixa/média agressividade)